one single word, a lot of days to make it work

exploring

First month of the year, usually I set some goals and a to-do list that I try to follow, but not this year. This is something new for me, something that I never did before. This time, I decided to choose a single word, that represents what I really want for this year, instead of having a blurred list of resolutions. It will give me the possibility to focus in that meaning and make it work.It took me a few hours to think about it, I wanted it to be ambitious, but realistic. My word is FIND.Last year I left my country, my family, my routine and moved to Ireland. It's been 6 months since I'm here and I still have that feeling that I don't know this place very well. I will explore more and find out the country where I live, the people, their roots, costumes and cultures.
I also reached that point in my life where I'm always asking "who am I?". It's not that I don't know me, but I have the desire to find myself in every level (heart, mind and soul), I want to acknowledge my strengths, my fears, my qualities, my weaknesses, my limits.
Another thing that I've planned to do this year is to find new destinations, new places, new people. I plan to travel a lot, inside and outside of Ireland, because I believe that travel gives us a more open mind and realistic vision to understand our amazing world.
I couldn't forget about my comfort zone, my hobbies and what keeps me relaxed and in peace with myself. So I want to find more about things I like to do, new ways of exercising, different yoga postures, photography types, new tricks to teach my dog, good books to read and new ways to make the ones I love happy.
To finish in beauty, this year I want to find inspiration. Find it anywhere and anytime. I want to inspire and be inspired, to teach and to learn, to share feelings and stories, to do, to be, to live.

I also would love to find more about your 2017 word, do you have any?

 

Primeiro mês do ano, geralmente eu defino alguns objetivos e uma lista de tarefas que tento seguir, mas não este ano. Isto é algo novo para mim, algo que nunca fiz antes. Desta vez, decidi escolher uma única palavra, que representa o que eu realmente quero para este ano, em vez de ter uma lista borrada de resoluções. Isso dar-me-á a possibilidade de me focar nesse significado e fazê-lo funcionar.
Demorei algumas horas a pensar nisto, queria que fosse ambiciosa, mas realista. A minha palavra é DESCOBRIR.
No ano passado deixei o meu país, a minha família, a minha rotina e mudei-me para a Irlanda. Há 6 meses que estou aqui e ainda tenho a sensação de que não conheço este lugar muito bem. Vou explorar mais e descobrir o país onde eu moro, as pessoas, as suas raízes, costumes e culturas. Eu cheguei também a um ponto na minha vida onde estou sempre a perguntar-me "quem sou eu?". Não é que eu não me conheça, mas tenho o desejo de descobrir-me a todos os níveis (coração, mente e alma), quero reconhecer as minhas forças, os meus medos, as minhas qualidades, as minhas fraquezas, os meus limites.
Outra coisa que planeio fazer este ano é descobrir novos destinos, novos lugares, novas pessoas. Quero viajar muito, dentro e fora da Irlanda, pois acredito que viajar nos dá uma mente mais aberta e uma visão realista para entender o nosso incrível mundo.
Não me poderia esquecer da minha zona de conforto, os meus hobbies e o que me mantém relaxada e em paz comigo própria. Quero encontrar mais sobre as coisas que eu gosto de fazer, novas formas de exercício, diferentes posturas de yoga, tipos de fotografia, novos truques para ensinar a minha cadela, bons livros para ler e novas maneiras de fazer os que mais amo felizes.
Para terminar em beleza, este ano quero descobrir inspiração. Descobri-la em qualquer lugar e a qualquer hora. Quero inspirar e ser inspirada, ensinar e aprender, compartilhar sentimentos e histórias, fazer, ser, viver.

Também gostaria de descobrir mais sobre a tua palavra para 2017, tens alguma?