you are a soul with a body, you are not your image

you are a soul with a body, you are not your image

Lately, we've heard a lot of people talking about the power of the mind, mindfulness and meditation. It's on TV, radio and all the midia, it's on the coloring books at the nearest bookshop and on the advertisement poster just around the corner. It's everywhere and everyone seems to know a lot about it! But when people are asked about what they would like to change in themselves, if they had the opportunity to change anything, the answers remain the same. The colour of my eyes, the size of my hair, the shape of my nose, my body! I would like to lose weight or I would like to have more curves are two sentences we hear every day. We never heard answers such as I would like to be more creative or I would like to think more positive. And why do we never hear answers like these? Because we continue to see ourselves through the eyes of society.
We are born and live in a world with definitions for everything: you are beautiful if you are thin, you are strong if you have muscles, you are smart if you have good grades, you are normal if you fit my definition of normal!
Even with all the new definitions and researches about the mind, we continue to look upon ourselves as a body and we continue to see the others through their representative image, the body. We don't give space or time to people to show their true selves and we also don't show our true selves, we show the shirt we wear, the weight we lost, the food we eat and the sport we love.
I like to think of the body as the shape of our soul. If you have extra weight, you're healthy and you feel good about it, do not change. If your eyes are brown and you would love to have blue eyes because the boy you love, loves blue eyes, do not change. But if you don't feel comfortable with something in your body, so change it! Change it because you don't feel comfortable, because you can't see that as part of yourself, don't change it because of what they say or think.
Once you begin to see yourself as someone who has a soul instead of someone who has a body, your thoughts, actions and habits will adjust to what you truly are. People will be able to see your soul through your eyes, they will feel your happiness through your smile, they will recognize you in every action you take, they will be with you for who you really are.
Don't let anyone tell you what you should be, go and find out who you want to be, project yourself into a future, get out of your body, clean your mind, turn off society opinions and show your soul in your body, be whole!

 

Ultimamente, ouve-se falar muito sobre o poder da mente, do mindfulness e da meditação. Está na TV, na rádio e em todos os midia, está nos livros de colorir na livraria mais próxima e no cartaz de propaganda ao virar da esquina. Está em toda parte e todos parecem saber tudo sobre isso! Mas quando as pessoas são perguntadas sobre o que gostariam de mudar em si, se tivessem a oportunidade de mudar qualquer coisa, as respostas continuam as mesmas. A cor dos meus olhos, o tamanho do meu cabelo, a forma do meu nariz, o meu corpo! Eu gostaria de perder peso ou eu gostaria de ter mais curvas são duas frases que ouvimos todos os dias. Nunca ouvimos respostas como eu gostaria de ser mais criativo ou eu gostaria de pensar mais positivo. E porque é que nunca ouvimos respostas como estas? Porque continuamos a ver-nos através dos olhos da sociedade.
Nascemos e vivemos num mundo com definições para tudo: tu és linda se és magra, és forte se tens músculos, és inteligente se tiveres boas notas, és normal se encaixares na minha definição de normal!
Mesmo com todas as novas definições e pesquisas sobre a mente, continuamos a olhar para nós mesmos como um corpo e continuamos a ver os outros através da sua imagem representativa, o corpo. Não damos espaço ou tempo para as pessoas mostrarem o seu verdadeiro eu e nós também não o mostramos, mostramos a camisa que vestimos, o peso que perdemos, a comida que comemos e o desporto que amamos.
Eu gosto de pensar no corpo como a forma da nossa alma. Se tens peso extra, estás saudável e sentes-te bem com isso, não mudes. Se os teus olhos são castanhos e adoravas ter olhos azuis porque o rapaz de quem gostas, ama olhos azuis, não mudes. Mas se não te sentes confortável com algo no teu corpo, então muda! Muda porque não te sentes confortável, porque não consegues ver isso como parte de ti mesmo, não mudes pelo que eles dizem ou pensam.
Quando começares a olhar para ti como alguém que tem uma alma em vez de alguém que tem um corpo, os teus pensamentos, acções e hábitos vão adaptar-se ao que realmente és. As pessoas serão capazes de ver a tua alma através dos teus olhos, vão sentir a tua felicidade através do teu sorriso, vão reconhecr-te em cada ação que fizeres, vão estar contigo por quem realmente és.
Não deixes que ninguém te diga o que deves ser, vai e descobre quem queres ser, projecta-te no futuro, sai do teu corpo, limpa a tua mente, desliga as opiniões da sociedade e mostra a tua alma no teu corpo, sê inteiro!